Salmo 93

Deus, o Rei do Universo

O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar.
O teu trono está firme desde então; tu és desde a eternidade.
Os rios levantam, ó Senhor, os rios levantam o seu ruído, os rios levantam as suas ondas.
Mas o Senhor nas alturas é mais poderoso do que o ruído das grandes águas e do que as grandes ondas do mar.
Mui fiéis são os teus testemunhos; a santidade convém à tua casa, Senhor, para sempre.
Salmos 93:1-5

93.1-5 O SENHOR Deus é Rei. Este canto, possivelmente um dos mais antigos do livro, celebra a vitória de Deus sobre o caos original.
93.1 A terra está firme no seu lugar e não pode ser abalada. O salmista faz a relação entre a grandeza e firmeza de Deus e a firmeza da terra. Majestade se refere a seu jorro criador de vida, e esta é a mensagem do Gênesis ao Apocalipse: tudo está assentado em Deus, tudo se sustenta Nele. Não é uma firmeza rígida, mas viva, permeada pela presença viva de Deus.
93.2 o teu trono está firme desde o princípio. Se ele não reinasse, o mundo desapareceria no caos original de onde foi criado. Esta percepção da presença eterna de Deus, da firmeza que ele é, acalma o coração.
93.3 o mar ergue a sua voz e ruge. O termo original é “ressaca” — a palavra que fala da fúria da água e também de fúrias que nos assolam interna e externamente. Fúria de águas faz parte da experiência de vida do povo, na saída do Egito e na entrada da Terra Prometida.
93.4 A sua força é maior. Em tempos de tsunamis, esse texto acalma e conforta: há um poder maior do que o poder das grandes ondas. O poder das ondas vem de ventos, abalos e chuvas; o poder de Deus não é reativo, mas ativo — ele tem domínio sobre águas e ventos, o mesmo poder com que Jesus surpreendeu a seus discípulos, acalmando a tempestade (veja Mt 8.23-27. nota).
93.5 As tuas leis, ó SENHOR, merecem confiança. Em meio à relatividade dos conceitos e dos valores, à constante e cada vez mais rápida mudança de costumes e do modo de viver, podemos encontrar em Deus estabilidade e segurança. Dele procedem orientações que verdadeiramente merecem confiança para nos guiar em meio a um mundo tumultuado e sem rumo. Também em nossos “caos” sucessivos podemos ter certeza de que o Senhor é maior do que todo caos, e o seu Espírito que soprou e organizou lá no início dos tempos, agora também sopra em nós e organiza nossa vida, mesmo em meio à maior confusão.

Deixe uma resposta