Nossa Senhora de Luján

Padroeira da Argentina:

Basílica de Nossa Senhora de Lujan, Buenos Aires
A Virgem de Luján (em espanhol Virgen de Luján ou Nuestra Señora de Luján) ou Nossa Senhora de Luján, é um dos muitos títulos da Virgem Maria no catolicismo. É a padroeira da Argentina, Uruguai e Paraguai .

Historia:

Em maio de 1630, a imagem da Virgem de Luján vinha a Argentina a partir de São Paulo, Brasil. Antonio Farias Saa, era um fazendeiro criado em Santiago del Estero e queria construir em seu lugar uma capela para a Virgem. Este homem trazia do Brasil, duas imagens que representavam a Imaculada Conceição. A caravana,se deteve ao longo do rio Luján, a 67 km de Buenos Aires. No outro dia, iriam continuar a viagem pela estrada , mas a carroça transportando a imagem não se movia, eles tentaram de todas as maneiras possíveis andar com a carroça , baixaram a mercadoria, colocaram mais bois, mas foi inútil.

Os carroceiros retiraram uma imagem, e não se moveu a carroça, retiraram a outra imagem, e a carroça passou normalmente. Nesse instante os homens perceberam que algo de milagroso estava acontecendo. Vendo que a Virgem não queria deixar o local foram para a casa mais próxima.

A família emocionou-se ao ver a imagem e colocaram-na em sua casa, a notícia correu toda a região, e até chegou em Buenos Aires. Dom Rosendo construiu uma pequena capela, entre as gramíneas dos pampas, neste local a virgem permaneceu intacta de 1630 a 1674. O local se tornou povoada com os devotos da Virgem. Assim, o espaço tornou-se uma vila que foi denominada Povo de Nossa Senhora de Luján, em 1755 ela foi premiada com o título de vila. A devoção à Virgem foi crescendo ano após ano,o mesmo com os milagres e, em 23 de outubro de 1730], foi nomeada freguesia de Luján.

Padre Salvaire, em 1886, apresentou ao papa Leão XIII, o pedido dos bispos e dos fiéis argentinos para a coroação da Virgem, o pontífice abençoou a coroação e institui missa e dia para as festividades da Virgem, foi instituído, no sábado anterior ao quarto domingo depois da Páscoa. A Coroação foi realizada em maio de 1887.

Peregrinações:

A cada 8 de dezembro, e cada primeiro sábado de outubro, milhares de peregrinos marcham a pé em direção à Basílica de Luján em Buenos Aires. Ela começa a partir do santuário de São Caetano , no bairro de Liniers. A primeira peregrinação de Luján foi realizado em outubro de 1975.

Oração à Nossa Senhora de Luján:

Ó Divino Espírito Santo.
Ó Virgem Santíssima de Lujan! A ti recorremos neste vale de lágrimas,
atraídos pela fé e pelo amor que tu mesma infundistes em nosso coração.

Ó Mãe querida! Alivia a nossa dor, consola as nossas angústias,
dá-nos o pão material e o alimento espiritual para fortalecer
o nosso corpo e a nossa alma.
Faze com que não nos falte um emprego estável e uma justa remuneração.
Elimina o ódio e o egoísmo do coração de todos os homens.

Virgem Santíssima de Lujan! Ilumina o nosso caminho para que,
unidos na paz e fraternidade, com todos os irmãos da terra,
continuemos a marcha gloriosa para a casa do Pai.
Abençoa, ó Mãe, a Argentina,
cujos filhos cantam os teus louvores,
agora e pelos séculos dos séculos. Amém.

One thought on “Nossa Senhora de Luján”

  1. Foi boa a ajuda em minha pesquisa Estou fazendo Curso de Teologia e faremos uma apresentação desta Santa Saudaçõpes Elenice Veloso Paula Araxá MG

Deixe uma resposta