Oração e História de Santa Verônica.

Oração e História de Santa Verônica.

O nome “Verônica” tem origem latina e deriva de uma expressão: “vera ícone”, que significa imagem verdadeira. O nome é referência à imagem do rosto de Cristo que ficou impresso no véu com o qual Santa Verônica teria enxugado o rosto do Mestre todo ensanguentado. Tradições cristãs antiquíssimas a colocam entre as mulheres de Jerusalém às quais Jesus dirigiu um lamento quando caminhava para o Calvário (Lc 23, 27-31). Para alguns estudiosos, Verônica pode ter sido a mulher que sofrera 12 anos de uma hemorragia e que fora curada por Jesus (Lc 8, 41-48).

Sexta estação da via sacra:

Desde os primórdios do cristianismo a Igreja acolheu a Tradição (com “T” maiúsculo) sobre Santa Verônica. Tanto, que o episódio do enxugamento da Sagrada Face de Jesus, realizado por ela, passou a ser a Sexta Estação da Via Sacra, que é rezada pelos cristãos há séculos. É a Tradição Oral incorporada à vida da igreja e dos fiéis.

A Sagrada Face de Jesus:

Segundo a Tradição e vários testemunhos históricos, Santa Verônica teria levado o véu com a Sagrada Face de Jesus para a Europa. Ele foi encontrado no ano 525 na cidade de Edessa. De alguma maneira, mais tarde, ele chegou a Roma e, alguns séculos mais tarde, ficava exposto na Basílica de São Pedro para veneração dos fiéis. Século depois, foi levado para a Igreja do “Volto Santo” ou seja, da Sagrada face, na cidade de Manoppello, que fica a 190 km de Roma, onde, até hoje, é venerada pelos fiéis.

Visões reveladoras sobre Santa Verônica:

A irmã Maria de São Pedro, da Ordem das Carmelitas, teve visões de Santa Verônica por volta de 1844, na cidade de Tours, França. Ela viu Santa Verônica limpando a Face de Cristo a caminho da crucificação. Foi revelado a ela que todo o sangue, sujeira, escarros e hematomas na Face de Cristo representam os pecados da humanidade, as blasfêmias dirigidas a Nosso Senhor e o ódio contra o amor.

Devoção à Sagrada face de Cristo:

Nas visões, Nosso Senhor Jesus Cristo pediu à irmã Maria de São Pedro que propagasse a devoção à Sagrada Face como forma de reparação dos pecados, de tal forma que, os devotos da Sagrada Face fazem como Santa Verônica: limpam a sujeira e a dor de Nosso Senhor. Por isso, a devoção à Sagrada Face de Jesus foi instituída oficialmente pelo Papa Leão XIII, no ano 1885. A partir de então, Santa Verônica passou a ser comemorada na terça-feira que antecede a Quarta-Feira de Cinzas. Este é o mesmo dia da comemoração da Sagrada Face.

Os mistérios da Sagrada Face de Manoppello:

Na cidade de Manoppello, a 190 km de Roma, Itália, um quadro medindo 17,5 x 24 cm abriga a Sagrada Face de Cristo desde 1638. A relíquia fica numa igreja dos Capuchinhos, chamada Santuário da Sagrada Face de Cristo. Alguns estudiosos acreditam que esta relíquia pode ser, sim, o véu de Santa Verônica, porque ele contém vários mistérios. O primeiro deles é que o tecido é feito de bisso marítimo, um fio finíssimo, como o de seda, gerado por um molusco abundante no mar mediterrâneo. O tecido formado pela trama deste fio é muito resistente, transparente e não pode ser pintado, isto é, nenhuma tinta adere a ele. Entretanto, a Face de Cristo está lá, visível, sem ter sido pintada. Até hoje não se sabe como isso acontece. Análises laboratoriais revelam não haver tinta alguma sobre o tecido. Além disso, a Face de Cristo de Manoppello pode ser sobreposta à Face do Santo Sudário de Turim, pois tem proporções idênticas, refletem a mesma face, inclusive com os mesmos hematomas e manchas de sangue. A única diferença entre os dois é que o de Turim apresenta Jesus morto, e este, o Cristo vivo. Numerosos relatos sobre a passagem desde mesmo véu por vários lugares e séculos diferentes fornecem um testemunho histórico seguro desde os tempos de Cristo.

Oração a Santa Verônica:

“Ó Santa Verônica que guardastes a Sagrada Face de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele que, quando limpastes o rosto com teu véu, não tinha aparência nem beleza para atrair o nosso olhar, nem simpatia para que pudéssemos apreciá-lo, desprezado, era escória da humanidade, homem das dores, experimentado nos sofrimentos; era amaldiçoado e não fazíamos caso dele. Intercedei por nós a graça de enxergarmos Jesus em cada face de nossos irmãos. Ó Deus, por intercessão de Santa Verônica, despertai vosso poder e venha logo nos trazer a salvação! Convertei-nos; ó Senhor Deus do universo, e sobre nós iluminai a Vossa Face. Se voltardes para nós, seremos salvos! Amém.”

SIGNIFICADO E SIMBOLISMO DE SANTA VERÔNICA:

Santa Verônica:

A tradição católica festeja Santa Verônica na terça-feira antes da quarta-feira de cinzas. É o mesmo dia em que se celebra a Sagrada Face de Cristo. Segundo a Ata dos Santos (Acta Santorum), Santa Verônica foi uma piedosa mulher da cidade de Jerusalém. Ela presenciou o sofrimento de Jesus carregando a cruz. Comovida, ofereceu o véu que usava a Jesus para que ele limpasse o rosto todo sujo de sangue, escarros e terra. Jesus aceitou o gesto de amor e limpou seu rosto com o véu. Depois, devolveu-o agradecido. Então as manchas de sangue reproduziram o rosto de Jesus no véu de Verônica. A tradição acredita que o véu de Verônica tenha sido a primeira imagem ‘impressa’ do rosto de Cristo. Por causa disso, Santa Verônica é a padroeira dos fotógrafos.

O nome Verônica:

O nome Verônica vem da união de duas palavras: ‘vera’, do Latim, que significa verdade; e ‘ícone’, do Grego, que significa imagem. Ao pé da letra significa ‘imagem verdadeira’. O nome, na verdade, refere-se à imagem de Jesus impressa no véu desta piedosa mulher. Porém, acabou se transformando no nome da portadora do véu.
O véu e a capa de Santa Verônica
Santa Verônica é representada de várias maneiras em várias partes do mundo. Normalmente ela é representada trajando um véu preto que cobre sua cabeça e desce para todo o corpo. Este véu preto representa o luto, o sofrimento e a morte de Jesus, que ela provavelmente presenciou e sofreu por isso. As três cruzes no alto do morro, o Gólgota, representam também este sofrimento que santa verônica presenciou.

A túnica branca de Santa Verônica:

A túnica branca de Santa Verônica simboliza sua pureza de coração. Foi por causa desta pureza que ela se condoeu ao ver Jesus passando por tantos sofrimentos. E, provavelmente, foi também por causa desta pureza que Jesus retribuiu permitindo que seu rosto ficasse impresso no véu. “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!” (Mateus 5,8) Santa Verônica teve esta pureza e ‘viu’ a Face de Cristo impressa no seu véu.

A face de Cristo:

A face de Cristo nas mãos de Santa Verônica representa uma devoção profunda, presente na Igreja há séculos. A Irmã Maria de São Pedro, uma carmelita francesa que viveu no Século XVIII, iniciou a devoção após ter visões de Santa Verônica limpando o sangue e o cuspe do rosto de Jesus. Nas visões, Jesus lhe disse que a devoção à Sagrada Face seria uma maneira de reparar os pecados da humanidade contra a imagem de Cristo.

Promessas de Jesus para os devotos da Sagrada Face:

Mais tarde, em 1945, Nosso Senhor prometeu à Irmã M. Pierina, em Milão: “Toda vez que alguém contemplar a Minha Face (com amor e espírito de oração), derramarei o Meu amor nos corações. E por meio da Minha Face obter-se-á a salvação de muitas almas.” Jesus faz várias promessas àqueles que respeitam e contemplam sua Sagrada Face. Vale a pena conhecer a Devoção à Sagrada Face de Cristo!

Sexta estação da Via Sacra:

Santa Verônica é tão especial no coração dos cristãos, que a sexta estação da Via Sacra contempla seu lindo gesto de amor para com Jesus Cristo. Foi um ato de misericórdia para com Aquele que é o Pai das Misericórdias, que se entregou por amor a nós. E, por este ato, Verônica passou a ser lembrada pelos séculos.

Oração à Sagrada Face – Composta por Santa Teresinha:

‘Ó Jesus, que na Vossa crudelíssima Paixão Vos tornastes “o opróbio dos homens e o homem das dores”, eu adoro a Vossa Divina Face sobre a qual resplandecem a beleza e ternura da Divindade e que agora se tornou para mim como a face de um “leproso” (Is. 53,4).Mas sob estes traços desfigurados reconheço o Vosso infinito amor e ardentemente desejo amar-Vos e fazer-Vos amar por todos os homens. As lágrimas que com tanta abundância correram dos Vossos olhos, se me afiguram quais pérolas preciosas, que eu quisera recolher para, com seu valor infinito, resgatar as almas dos pobres pecadores.Ó Jesus, Vossa Face é a única beleza que encanta o meu coração, de boa mente quero renunciar na terra à doçura do Vosso olhar e ao inefável ósculo de Vossa boca divina, mas suplico-Vos, imprimi em meu coração Vossa Divina Imagem, e inflamai-me com Vosso amor, a fim de que possa um dia contemplar a Vossa Face gloriosa no Céu. Amém.’

Fonte: Cruz terra santa.

Deixe uma resposta