Nossa Senhora da Consolata

Também conhecida como Nossa Senhora da Consolação ou Nossa Senhora Consoladora dos Aflitos.

Cada vez mais se confirma que a Virgem Maria é a mãe de todos os povos, são unânimes em proclamar o grandioso auxílio da Virgem Maria, que por isso é invocada pelos cristãos com o título de Consoladora dos Aflitos.

A devoção para com Nossa Senhora Consolata ou Consoladora dos Aflitos surgiu em Turim, Itália, na metade do século V, por iniciativa do bispo São Máximo.

Segundo a tradição, Santo Eusébio, bispo de Vercelli, trouxe o quadro de Nossa Senhora Consolata da Palestina para a Itália no século IV e o entregou a São Máximo, bispo de Turim. São Máximo, por sua vez, no ano 440, expôs o quadro à veneração dos fiéis, num pequeno altar erguido no interior da igreja do Apóstolo Santo André. A convite do Bispo, o povo, começou a venerar a Virgem daquele quadro com grande fé e devoção. Maria respondia com muitas graças, e fatos extraordinários, sobretudo em favor das pessoas doentes e sofredoras. Sensibilizados com o amor misericordioso da Virgem Maria, São Máximo e o povo começaram a invocá-la com muitos títulos: Nossa Senhora Mãe das Consolações, Nossa Senhora Consoladora dos Aflitos, Nossa Senhora Consolata.

O quadro de Nossa Senhora Consolata permaneceu exposto à veneração dos fiéis, durante quatro séculos consecutivos. Por volta do ano 820 entrou em Turim a heresia dos iconoclastas (pessoas que destruíam toda e qualquer imagem ou quadro religioso exposto ao culto). Em tal circunstância, temendo que o quadro da Consolata fosse destruído, os religiosos que tomavam conta da igreja de Santo André resolveram tirá-lo do altar e escondê-lo nos subterrâneos da igreja. Mas a perseguição se prolongou por muitos anos. Assim, o quadro ficou desaparecido pelo espaço de um século. Este fato fez com que os fiéis deixassem de frequentar a capela e perdessem a lembrança da Virgem Consolata.

No ano 1014, Nossa Senhora apareceu a Arduíno, Marquês de Ivréia, gravemente enfermo, e lhe pediu que construísse uma capela em sua honra em Turim, junto às ruínas da antiga igreja de Santo André. O Marquês Arduíno milagrosamente curado por Nossa Senhora, e tocado profundamente pelos favores da Virgem Maria, empreendeu a construção da capela.

Ao fazerem as escavações para os alicerces da capela de Turim, os operários encontraram no meio dos escombros o quadro de Nossa Senhora Consolata, ainda intato, apesar de ser uma pintura em tela. O fato encheu de alegria a população da cidade e a devoção à Mãe das Consolações renasceu.

No século seguinte, uma terrível guerra civil quase destruiu completamente a cidade de Turim, fez com que muitos habitantes de Turim abandonassem a cidade. Com tal situação, a igreja de Santo André e a capela de Nossa Senhora Consolata foram desmoronando aos poucos e tudo acabou novamente num monte de escombros. E o quadro da Consolata, mais uma vez, ficou mergulhado nas ruínas por muitos anos.

Maria, porém, interveio de novo, e de forma extraordinária. Em 1104, segundo a tradição, chegou a Turim, John Ravais, um homem cego de Briançon, França, que afirmava ter tido uma visão: enterrada sob as ruínas de uma velha igreja, vira uma pintura de Nossa Senhora. A Virgem revelou-lhe ainda que aquela capela localizava-se em Turim, na Itália. E a Virgem Maria prometeu devolver-lhe a visão se fosse a Turim visitar a sua capela que jazia em ruínas. Lutando contra muitas dificuldades o cego chegou a Turim. Com o apoio do bispo, deram início aos trabalhos da escavação no local indicado pelo cego conforme orientação de Nossa Senhora.

No dia 20 de Junho de 1104, o quadro da Consolata, ainda intacto, foi reencontrado sob as ruínas. O cego, conduzido à presença do quadro, recuperou instantaneamente a visão. Este episódio consolidou na alma do povo de Turim a devoção para com Nossa Senhora Consolata. A partir destes fatos a devoção se espalhou pelo mundo e o Santuário de Turim se tornou um grande centro de peregrinação.

Pe. José Allamano, encarregou-se de espalhar a devoção a Nossa Senhora Consolata no mundo inteiro. Foi reitor do Santuário em Turim, por 46 anos e o transformou num centro de Espiritualidade Mariana e de irradiação missionária. Fundou duas congregações religiosas, a dos padres Missionários da Consolata e das irmãs Missionárias da Consolata.

Consolata quer dizer Consoladora. A missão destes religiosos é anunciar ao mundo todo, a Verdadeira Consolação: Jesus Cristo.

Fonte: http://www.paulinas.org.br

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA CONSOLATA

Ó Mãe Consolata!

Vós sois no céu a Rainha dos Anjos e dos Santos, mas aqui na terra é a Mãe das consolações.

Vós sois a Consolata e eu, vosso (a) filho (a), vos peço, portanto, consolação e a graça… (pedir a graça).

Mãe querida, vós sabeis o modo, conheceis o caminho para ouvir-me, por isso confio em vós!

Dizei uma palavra a Jesus que trazes em vossos braços  com tanto amor e carinho, e será o suficiente para que eu prove a alegria do conforto.

Consolado (a) por vós e pelo vosso Filho, serei capaz de consolar os meus irmãos que mais sofrem.

Saberei também enfrentar com serenidade as dificuldades, encontrando em vós auxilio e proteção.

Que Assim Seja.

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA CONSOLATA

Oprimido pelas tribulações, e reconhecendo minhas falhas e negligências, a vós recorro, Virgem Maria. Vós sois no céu li Rainha dos Anjos e dos Santos, mas aqui na terra quereis se a Mãe das Consolações. Vós sois a Consolata e eu vosso filho. Quero ser semelhante a vós, quero ser consolado. Não peço honras, prazeres ou riquezas, só vos peço consolação.
Mãe dulcíssima, vós sabeis o modo; conheceis o caminho para ouvir-me, por isso confio plenamente em vós! Dizei uma palavra a Jesus que, com tanto amor e carinho, trazeis em vossos braços, e provarei a alegria do conforto. Consolado por vós e pelo vosso filho, saberei sofrer em paz as minhas penas; ser-me-á mais suave a dor e mais serena a morte. E quando chegar junto aos vosso trono, cantarei, eternamente, as vossas misericórdias. Assim seja.

Oração a Nossa Senhora Consolata:

Oprimido por tantas angústias, a vós recorro, Virgem Maria. vós sois no céu a Rainha dos Anjos e dos Santos, mas aqui na terra quereis ser a Mãe da Consolação. Vós sois a Consolata e eu, vosso filho, vos peço somente consolação.
Mãe dulcíssima, vós sabeis o modo; conheceis o caminho para ouvir-me, por isso confio plenamente em vós! dizei uma palavra a Jesus que, com tanto amor e carinho, trazeis em vossos braços e provarei a alegria do conforto. Consolado por vós e pelo vosso Filho, tornar-me-ei capaz de consolar os meus irmãos que mais sofrem. Saberei também sofrer em paz as dificuldades da vida; ser-me-á mais suave a dor e mais serena a morte. Assim seja!
Consoladora dos aflitos, rogai por nós!
Pai-nosso – Ave-Maria – Glória.

NOVENA A NOSSA SENHORA CONSOLATA:

Oração Inicial:

Primeiro Dia:
Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém.
* Maria é a Consolata. Aquela que consola porque foi consolada
por Deus quando Ele a escolheu para ser Mãe de seu Filho Jesus,
o Consolador da humanidade.
Pedimos-vos, oh Deus, por intercessão de Maria Consolata,
que nos concedais experimentar o consolo de vosso amor para
conosco, e assim aprender nossa missão de consolar aos demais.
™ Pai Nosso, Ave Maria, Glória.
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
****************************************************
Segundo Dia:
Oração Inicial: Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém.
* “Eis aí o teu Filho, eis aí a tua Mãe”
Se gostamos de ser consolados, devemos consolar. Maria,
como nossa mãe, espera receber também consolo de nós, como
um(a) filho(a) faz com sua mãe.
As mães sempre sofrem porque seus filhos não vão pelo bom
caminho. Rezam e esperam que se recuperem e voltem.
Escutemos o convite de nossa Mãe e demos-lhe o consolo que ela
merece, com uma vida que esteja de acordo com as palavras de
seu Filho Jesus.
™ Pai Nosso, Ave Maria, Glória.
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
***********************************************
Terceiro dia:
Oração Inicial: Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém
“Filho, por que fizeste isto? Teu pai e eu te procurávamos aflitos.”
Maria é a mãe terna que se preocupa por nossas situações
de vida concreta. Ela está perto de nós e deseja que nós
estejamos perto dela.
Pedimos que nos ajude a enfrentar os perigos de nossa
vida cotidiana confiando sempre em seu carinho e amor maternal.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
***********************************************
Quarto Dia:
Oração Inicial: Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém.
“O verdadeiro desejo de Maria é salvar as almas; Ela coopera
para que o sangue do seu divino Filho não seja derramado em
vão. Se alguém quer salvar-se sem passar por Maria se engana”.
Este desejo, nossa Mãe a Consolata, não o realiza só. Quer
que cooperemos com ela cumprindo com o mandato de Jesus.”Ide
por todo o mundo e anunciai a Boa Nova”.
Pedimos por intercessão de Maria, ser verdadeiros
missionários testemunhas do amor de Jesus para com toda a
humanidade.
™
Pai Nosso,
Ave Maria,
Glória.
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
****************************************************
Quinto Dia:
Oração Inicial: Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém.
“Chamar-me-ão bem-aventurada todos os povos”
“Seria faltar o meu dever e ao meu especial afeto a Nossa
Senhora, se não aproveitasse todas as ocasiões para falar dela”.
Oh Mãe Consolata, que eu possa aproveitar esta ocasião de
vossa festa para louvar-vos, agradecer-vos e pedir-vos: Fazei
que a vossa memória esteja sempre presente em minha vida e
permiti-me vos dizer cada dia “Feliz de ti, porque acreditastes no
Senhor”. E que eu também possa me sentir feliz por crer e
aceitar a vontade de Jesus.
™
Pai Nosso,
Ave Maria,
Glória.
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
****************************************************
Sexto Dia:
Oração Inicial: Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém.
“Quem quer chegar a santidade sem Nossa Senhora, quer voar
sem asas. Sem Nossa Senhora não se faz.
O mesmo Jesus no-la entrega para nos facilitar o caminho.
Seu amor e seu poder de mãe podem tudo no coração do seu
Filho.
Mãe Consolata intercedei por nossas necessidades; abrandai
nosso coração às vezes duro e insensível; abri-nos ao vosso amor
e ao amor de Jesus e intercedei também pelos nossos erros.
™
Pai Nosso,
Ave Maria,
Glória.
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
****************************************************
Sétimo Dia:
Oração Inicial: Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém.
“Nossa Senhora é mãe. Ela em Deus e com Deus pode tudo. Ela é
a dispensadora de todas as graças” (Allamano).
Quem de nós não necessita graças, favores, bênçãos de
Deus? Quantas vezes nos sentimos cansados, sem forças e
necessitamos de alguém que nos ampara!
Pedimos à Consolata que interceda de Deus aqueles favores
que mais precisamos especialmente neste momento, para nós e
para todas aquelas pessoas que partilham nossa vida de cada dia.
™ Pai Nosso, Ave Maria, Glória.
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
****************************************************
Oitavo Dia:
Oração Inicial: Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém.
“A Santíssima Virgem sob todos os títulos, é uma só; porém
vocês devem oferecer-lhe uma especial devoção sob este título,
devem sentir-se orgulhosos de que ela seja sua padroeira.
Nosso coração de filhos nos dirá o que devemos fazer para dar
alegria a nossa mãe”.
Ó Mãe Consolata: fazei que eu me sinta orgulhosa de vos
honrar sob este nome. O mundo necessita de consolo, esperança.
Continuai, ó Maria, oferecer a todos o único e verdadeiro consolo:
Jesus. e que eu seja também, como Vós, um instrumento de Deus
para aliviar dores e desesperanças.
™ Pai Nosso, Ave Maria, Glória.
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
****************************************************
Nono Dia:
Oração Inicial: Oh Deus, que por meio da Virgem Maria
quisestes dar ao vosso povo a verdadeira consolação, Jesus
Cristo, concedei aos que a veneramos com o título de Consolata,
poder colaborar junto com Ela na obra da Redenção. Por Cristo
nosso Senhor, Amém.
“Não tenhamos medo de ser muito devotos de Maria e de honrá-
la demais. E menos ainda temos que temer a Jesus por amarmos
muito a sua Santíssima mãe: Quanto mais a amamos, mais nos
lembramos de Jesus e mais lhe agradaremos”.
Querida Mãe Consolata, ao terminar esta novena desejo vos
agradecer todo vosso amor para comigo e para com os meus
entes queridos. Ofereço-me a Vós para que nunca me sinta só e
lembre sempre que uma Mãe nunca se esquece de seus filhos,
mesmo se nem sempre eles se lembram de sua Mãe.
™ Pai Nosso, Ave Maria, Glória.
Nossa Senhora Consolata, Rogai por nós.
Oração Final: Senhor Jesus Cristo, que por inefável providência
quisestes que recebêssemos tudo por meio de Maria, nossa Mãe,
concedei-nos poder gozar sempre do auxílio daquela que
veneramos com o título suave de Consolata. Vós que viveis e
reinais pelos séculos. Amém
ORAÇAO A NOSSA SENHORA CONSOLATA
Oprimido por tantas angústias, a vós recorro ó
Virgem Maria. Vós sois no Céu a Rainha dos Anjos e
dos Santos, mas aqui na terra quereis ser a Mãe da
Consolação.Por isso eu vos peço somente a
Consolação… (faça o pedido) Mãe Dulcíssima, vós
sabeis o modo, conheceis o caminho para ouvir-me
por isso confio plenamente em vós, dizei uma palavra
a Jesus que com tanto amor e carinho trazeis em
vossos braços e eu provarei a alegria do Conforto.
Ser-me-á mais suave a dor, mais serena a morte
assim seja.
Queridos e queridas da FAMILIA CONSOLATA,
A Mãe Consolata, que “nos ama como a pupila de
seus olhos”, como dizia o Allamano, é a nossa Padroeira,
nossa Mãe e nossa Patrona, a CONSOLADORA DOS
AFLITOS.
Allamano ainda dizia: “A Virgem Santíssima, sob o
título de Consolata, é nossa mãe e nós somos seus filhos.”
Ao aproximar-se a novena da Consolata, Allamano
dizia: “Penso que vos ofenderia se vos pedisse de fazer bem
a novena da Consolata em preparação à festa.
É com estes mesmos sentimentos que iniciamos, dia
11 de junho a novena em honra a nossa Padroeira.
Você está convidado(a) a se unir a todos os
missionários e missionárias espalhados pelo mundo que
hoje iniciamos com fervor esta novena.
Poderá fazê-la em particular, como também, se o
desejar, com a sua família ou com a sua classe.
Ela é a Consolata e tem muitas graças e consolações
para distribuir aos seus devotos. Sinta-se desde já
consolado por Maria, a Mãe de Jesus.
“Não se pode dar a Nossa Senhora
outro título melhor do que este:
CONSOLADORA DOS AFLITOS,
DOS TRISTES, DOS DESESPERADOS
Pe. Allamano

Deixe uma resposta