Eclesiástico 15

Eclesiástico, Capítulo 15

1.Aquele que teme a Deus praticará o bem. Aquele que exerce a justiça possuirá a sabedoria.

2.Ela virá ao seu encontro como mãe cumulada de honrarias, e o receberá como uma esposa virgem;

3.alimentá-lo-á com o pão da vida e da inteligência, e o saciará com a água salutar da sabedoria. Ela se fortalecerá nele e o tornará inabalável,

4.ela o sustentará para que não seja confundido, e o exaltará entre os seus próximos.

5.Abrir-lhe-á a boca no meio da assembléia, enchê-lo-á do espírito de sabedoria e de inteligência, e o revestirá com um manto glorioso.

6.Acumulará sobre ele um tesouro de alegria e de júbilo, e lhe dará por herança um nome eterno.

7.Os homens insensatos não a alcançarão, mas os homens de bom senso irão ao encontro dela; os insensatos não a verão, porque ela está longe do orgulho e da fraude.

8.Os mentirosos dela não se recordarão, mas os homens sinceros achar-se-ão com ela, e prosperarão até a visita de Deus.

9.O louvor não é belo na boca do pecador,

10.porque a sabedoria vem de Deus; o louvor a Deus acompanha a sabedoria, enche a boca fiel, e lhe é inspirada pelo Dominador.

11.Não digas: É por causa de Deus que ela me falta. Pois cabe a ti não fazer o que ele abomina.

12.Não digas: Foi ele que me transviou, pois que Deus não necessita dos pecadores.

13.O Senhor detesta todo o erro e toda a abominação; aqueles que o temem não amam essas coisas.

14.No princípio Deus criou o homem, e o entregou ao seu próprio juízo;

15.deu-lhe ainda os mandamentos e os preceitos.

16.Se quiseres guardar os mandamentos, e praticar sempre fielmente o que é agradável (a Deus), eles te guardarão.

17.Ele pôs diante de ti a água e o fogo: estende a mão para aquilo que desejares.

18.A vida e a morte, o bem e o mal estão diante do homem; o que ele escolher, isso lhe será dado,

19.porque é grande a sabedoria de Deus. Forte e poderoso, ele vê sem cessar todos os homens.

20.Os olhos do Senhor estão sobre os que o temem, e ele conhece todo o comportamento dos homens.

21.Ele não deu ordem a ninguém para fazer o mal, e a ninguém deu licença para pecar;

22.pois não deseja uma multidão de filhos infiéis e inúteis.

Reflexão:

Neste capítulo 15, o Autor Jesus ben Sirac nos deixa duas mensagens: na primeira, ele mostra que o homem sábio alcança a felicidade; na segunda, ele mostra que Deus deu ao homem a liberdade.

Dos versículos 1 ao 10 Jesus ben Sirac nos fala que o homem que ama e honra o Senhor e que conhece a sua Lei se tornará sábio, ou seja, receberá a Sabedoria, que é um Dom Divino.

“Receber a Sabedoria” significa levar uma vida em conformidade com as Leis Divinas, ou seja, afastar-se do pecado para estar próximo de Deus. Por isso, a Sabedoria que vem de Deus torna o homem feliz.

Já os versículos de 11 a 20 nos mostram a grandeza e a generosidade de Deus, pois, ao criar o homem, deu-lhe a liberdade para agir e escolher.

Assim, ao homem são apresentados fogo e água, vida e morte e ele poderá escolher o que preferir (15, 16-17). Da mesma forma, a Lei é dada ao homem, que poderá escolher entre segui-la ou viver uma vida afastado de Deus.

Os acontecimentos em nossas vidas, principalmente os ruins, muitas vezes nos levam a pensar que “foi Deus quem quis assim…”. Porém, a liberdade que nos foi concedida por Ele atinge a nossa capacidade de tomar decisões, sejam elas boas ou más.

Por isso errar ou acertar é responsabilidade do próprio homem. Mas Deus nos convida, a todo momento, a rever nossas decisões, a fim de que possamos toma-las à luz de Seu projeto, pois Ele, que é Pai misericordioso, quer para seus filhos a liberdade e a vida.

Munidos do entendimento de que Deus fez o homem livre, sejamos sempre vigilantes e oremos para que nossas ações e escolhas estejam sempre em conformidade com as Leis de Deus.

Deixe uma resposta