O pulo do gato

A onça por diversas vezes havia tentado
abocanhar o gato,
mas se ela pulava de um lado,
o gato se esguiava para o outro lado;
por mais que ela tentasse,
o gato sempre conseguia se esguiar e fugir…

Ela então resolve se fazer de amiga
e começa a conversar meio que distante com o gato:

“Olha, seu gato,
eu não quero mais te comer,
eu agora quero ser sua amiga,
sabe, você é muito esperto,
e se você quiser ser meu amigo,
eu gostaria até que você me ensinasse,
alguns dos seus truques,
pois você é muito ligeiro e esguio…”

O gato meio que desconfiado resolve testar a onça,
e começa a ensinar-lhe alguns truques.
Algum tempo depois…

O gato estava vindo pelo seu caminho de sempre,
quando é surpreendido pela onça,
que atira-se rapidamente sobre ele,
mas como o gato era muito esperto,
consegue esguiar-se dela
e fazer com que ela enfie a cara no chão.

A onça então,
enraivecida exclama:

“Mas como, esse pulo você não me ensinou?!”

O gato esperto então,
responde:

“Com certeza,
esse é o pulo do gato,
e eu não ensino a ninguém!”

 

Deixe uma resposta