Utopia do horizonte

Você é  canoa que me leva segura por rios caudalosos

e minha fonte refrescante onde sacio minha sede.

É meu leito macio onde descanso meu corpo cansado e adormeço em paz,

É meu sonho mais lindo onde navego pelas estrelas e toco a lua em noite de luar.

Você é toda beleza do universo onde me encanta a alma.

Você é a soma de toda utopia de minha vida,

meus anseios jamais alcançado e sonhado que uardo dentro de mim.

È chuva que molha a terra após longa estiagem e deixa o cheiro bom da realva molhada e o ar puro.

Você é o festivo do amanhecer e o cantar dos pássaros.

´é o murmurar do regato que me embala o sono.

É a Liz que atravessa ajaneça ao amanhecer.

È a musica que faz meu corpo vibrar de prazer

e dançar ao som de violinos  tocando uma bela sonata.

È o som do menestrel enamorado que canta para

amada linda serenata em noites de solidão.

é a saudade mais profunda que habita meu ser.

Você é horizonte almejado que quando me aproximo

e olho além esta lá longe e novamente me vejo tão

distante quanto no onicio da jornada.

Seu nome deveria ser impossibilidade.

È a utopia de meu ser.

Dione Fonseca

Deixe uma resposta