Contemplar…

Para onde olho nos céus nas alturas Vejo em mim uma imagem a contemplar Doce,serena nuvem de ilusão mágica em olhar Me livrando das sofridas agruras.

Read More

Soneto Esplêndido

Canta teu riso esplêndido sonata, E há, no teu riso de anjos encantados, Como que um doce tilintar de prata E a vibração de mil cristais quebrados.

Read More